Connect with us

Esporte

Roberto Carmona lança livro “O Senhor do Rádio”

Published

on

Nascido em 1936, Roberto Carmona é o mais experiente repórter esportivo em atividade no Brasil.  Natural de Presidente Bernardes, no interior paulista, mudou-se aos três anos para o Paraná. Trabalhou nas principais emissoras de rádio do país como Transamérica, Gazeta, Record, Bandeirantes, Jovem Pan, Excelsior e Nacional (Globo).

 

Sobre o livro

Roberto Carmona é o mais devoto e longevo profissional do rádio esportivo em atividade. A sua biografia, escrita pelo jornalista Cristiano Silva, resgata o que há de mais belo na história recente da crônica e do esporte em São Paulo e no Brasil.

Advertisement

No livro você encontra casos e particularidades dos bastidores e furos históricos, tem de tudo um pouco: que vai de  doces que Carmona levava para Ayrton Senna, a pedido de sua mãe, entrevista históricas com o rei Pelé, as viagens pelo mundo em coberturas de Copas do Mundo e Automobilismo, o duelo por uma entrevista com Menotti, a crise entre Telê Santana e Jorge Mendonça, o início da carreira em São Paulo com Joseval Peixoto (que assina o prefácio, as voltas pelas estações com Pedro Luiz, dobradinhas com Fausto Silva, Osmar Santos, e tantos outros. O livro é dedicado a Juarez Soares, amigo e colega de muitos anos de trabalho.

O escritor, Cristiano Silva, destaca os primeiros capítulos como os seus preferidos: “foi divertido escrever o relato. Gravamos os depoimentos de Carmona por quase dois anos, nos primeiros capítulos pude brincar um pouco mais relembrando as rádionovelas  do Pedro Camacho (personagem de Mário Vargas Llosa) e uma peça de teatro que gostei muito sobre rádio chamada Caros Ouvintes. A biografia do Carmona foi para mim uma experiência inesquecível” disse.

Como adquirir

Por causa da pandemia da Covid-19 o livro poderá ser adquirido pelo whatsapp

+55 11 97820-1450 ou pelo Instagram do escritor @cristianolivra

Advertisement

Continue Reading
Advertisement

Esporte

Três pratos para os fãs de gastronomia se deliciarem nos estádios

Published

on

A comida regional têm ganhado cada vez mais destaque nos estádios do país com sabor e tradicionalidade

Que estádios tem se tornado grandes centros gastronômicos isso não é nenhuma novidade. A tendência que se popularizou ao redor do mundo, ganhou não apenas os amantes da gastronomia, mas também do futebol por meio de um cardápio que abrange a culinária regional, rica em história e sabor. Pensando na variedade de receitas e nos mais diversos paladares, selecionamos três estabelecimentos que qualquer fã de gastronomia deve conhecer quando for visitar algum desses estádios. Confira abaixo as indicações.

Tropeiro – Arena MRV

O tropeiro talvez seja um dos primeiros pratos que venha na memória das pessoas quando se fala em comida mineira. Pensando nisso, a Arena MRV, nova casa do Clube Atlético Mineiro, trouxe as tradições de Minas Gerais para dentro do estádio. 

Advertisement

Entre as novidades, se encontra o Bar da Dona Alice. O nome é uma homenagem à madrinha do clube, Alice Neves, responsável há 115 anos por incentivar um grupo de jovens a criar o clube de futebol, e tem como especialidade o típico prato mineiro. O estabelecimento é gerenciado pela GSH Live, empresa conceituada de catering, que está comandando o serviço de alimentos e bebidas da arena.

Sanduíche de Linguiça do Bragantino –  Estádio Nabi Abi Chedid

A cidade de Bragança Paulista, localizada no interior de São Paulo, é conhecida como a “Terra da Linguiça”. Diante disso, o time de futebol Red Bull Bragantino decidiu homenagear os ídolos do clube por meio de um tradicional lanche: o sanduíche de linguiça. 

Um lanche bem típico da culinária paulistana, o restaurante do Rosário que se encontra dentro do estádio Nabi Abi Chedid, possui uma preparação própria que foi aperfeiçoada ao longo dos anos. Com 14 opções no cardápio, cada um homenageando um dos grandes nomes que passaram pelo Massa Bruta, se encontram o X-Nabi (homenagem ao ex-presidente do clube Nabi Abi Chedid), composto por queijo e linguiça do Rosário, o X- Marquinhos (tributo  a Marquinhos Chedid, filho de Nabi Abi e presidente de honra), feito com queijo linguiça e vinagrete, e o X-Luxemburgo (menção o ex-treinador do clube), elaborado com linguiça, bacon, ovo, salada, queijo e presunto.

Pizza da FielZone – Neo Química Arena

Advertisement

Na Neo Química Arena, estádio do Corinthians, os torcedores podem comer a tradicional pizza paulistana, com vista para o gramado sabores especiais. O carro-chefe do cardápio é a ‘Corinthians’, feita com massa preta, molho de tomate, mussarela, tomate, mussarela de búfala e pesto de azeitona. 

Além disso, a Soccer Hospitality, empresa que administra o local, também organiza rodízios de pizza e noites especiais com a presença de ídolos e jogadores que marcaram época no alvinegro. 

Serviço estádios

Arena MRV: Rua Cristina Maria de Assis, 202 – Califórnia, Belo Horizonte – MG, 30855-440

Preço médio do prato: R$26,00

Advertisement

Nabi Abi Chedid: R. Emílio Colela – Jardim Nova Braganca, Bragança Paulista – SP, 12914-410

Preço médio do prato: R$18,00

Neo Química Arena: Av. Miguel Ignácio Curi, 111 – Vila Carmosina, São Paulo – SP, 08295-005

Preço médio do prato: R$78,00 – grande; R$68,00 – broto

Advertisement
Continue Reading

Esporte

Inovações e estruturas tecnológicas estão transformando eventos esportivos

Published

on

Pesquisa revelou que 79% dos que consomem conteúdo esportivo se sentem mais interessados em eventos que utilizam tecnologia para melhorar a experiência

Competições esportivas têm usufruído cada vez mais da tecnologia para proporcionar não apenas assertividade, mas também acessar estáticas em tempo real. Além disso, tais inovações tecnológicas possibilitam dar dinamismo às disputas e trazer experiências mais seguras e eficientes para os espectadores. Segundo a pesquisa da Virtz, o espectador hoje possui um comportamento diferente em relação ao envolvimento com conteúdo, onde 79% dos entrevistados revelaram que se sentem mais interessados em eventos esportivos quando estes utilizam gráficos de realidade aumentada, estúdios virtuais e análise de dados/replay.

Um exemplo disso é o sistema Hawk-Eye, tecnologia usada há mais de uma década em Wimbledon para revisão de decisões, serviços de rastreamento para a MLB (Major League Baseball) e recursos de vídeo para a NFL (National Football League). No entanto, talvez um dos maiores invenções que esta tecnologia ajudou a criar e provocou uma grande mudança no cenário do futebol mundial foi o Árbitro Assistente de Vídeo, conhecido pelos fãs do esporte como VAR.

No âmbito da Infraestrutura Esportiva, essa evolução também é aparente. Hoje, existem empresas que demonstram cada vez mais preocupação em fornecer condições adequadas para a prática esportiva da iniciação ao alto rendimento. 

Advertisement

“Os grandes eventos internacionais do Esportes, sediados no Brasil nas últimas décadas, trouxeram ao país uma cultura de exigir segurança, qualidade, durabilidade, performance e conforto dos pisos esportivos. Existe uma preocupação com a longevidade esportiva dos atletas. Uma quadra poliesportiva de concreto ou asfáltica, por exemplo, não atende mais aos requisitos das normativas técnicas de absorção de impacto. As tecnologias em revestimentos sintéticos têm evoluído ao longo dos anos, ajudando tanto na prevenção de lesões quanto na formação e manutenção do desempenho dos atletas. Buscar essas adaptações e inovações está intrinsecamente ligado ao nosso propósito organizacional”, afirma Victor Schildt, Diretor da Recoma, empresa que já executou mais de 10.000 quadras poliesportivas, com mais de 44 anos de experiência no ramo.

Outra inovação são as estruturas provisórias, infraestruturas que possibilitam a montagem e desmontagem de forma rápida e econômica. Além disso, esse tipo de tecnologia é ótima por usar materiais sustentáveis, como telhado verde, madeira engenheirada e aço reciclado, fazendo com que haja a diminuição de entulhos e desperdício e, consequentemente, diminuindo o impacto ambiental. 

No Brasil, por exemplo, têm se tornado cada vez mais comum o uso dessas construções sustentáveis, reduzindo o custo da obra e na manutenção de eventos esportivos, festivais, feiras, entre outros. De acordo com o U.S. Green Building Council (USGBC), o país é o quarto maior empreendedor em estruturas sustentáveis no mundo

“Tecnologias de última geração nos ajudam a melhorar as decisões sustentáveis e a aprimorar equipamentos utilizados nas construções. Estas práticas equilibram os ambientes modernos em que vivemos com as necessidades ecológicas atuais, uma vez que esse tipo de solução permite a reutilização de praticamente todo material”, pondera Tatiana Fasolari, vice-presidente da Fast Engenharia, empresa especializada em overlay

Os Jogos Pan-Americanos se tornaram adeptos desse tipo de estrutura. Na edição deste ano o evento contou com estruturas provisórias, como tendas, pisos, arquibancadas, cenografia, elétrica, iluminação esportiva, módulos, entre outras. Tendo a operação contado com mais de 500 funcionários trabalhando na montagem das estruturas, incluindo etapas como desenho, planificação, gerenciamento, logística, montagem, manutenção e desmontagem. 

Advertisement

O mesmo processo acontecerá nos Jogos Parapan-Americanos, que ocorrem entre os dias 17 e 26 de novembro, que irão incluir diversas adaptações como a instalação de plataformas com rampas para atletas e dirigentes técnicos no campo de jogo no centro aquático, centro esportivo paralímpico e coletivo. Ademais, nas áreas comuns, todas as instalações passarão por pequenas manutenções.

“Com as estruturas móveis, cria-se a garantia de que não serão criadas áreas e arenas que deixarão de ser utilizadas na cidade após os eventos, os chamados ‘elefantes brancos’. Em geral, as estruturas móveis são utilizadas para centros de imprensa, alojamentos e arenas de esportes que sejam menos praticados no país-sede da competição, por exemplo”, finalizou a executiva.

Advertisement
Continue Reading

Esporte

Central Valquíria Dullius está no grupo seleto de atletas da Seleção Brasileira

Published

on

Valquíria Dullius - Crédito da Foto: Sesc Flamengo / Divulgação

Atleta do Sesc Flamengo, a Central Valquíria Dullius esta no grupo seleto de atletas, lista da seleção brasileira principal. A Atleta vem se empenhado muito e vai se consolidando cada vez mais dentro das quadras, é por isso que carrega contigo grandes e importantes títulos ao logo de sua carreira.

Confira alguns dos principais títulos ja conquistado: Tricampeã Sul América com a seleção Brasileira e melhor Central Sul-Americana, 3 medalhas de mundial: bronze, prata e ouro. Campeã Mundial (título inédito sob o grande time da Turquia) todos com a seleção Brasileira. Campeã Copa Pan americana com a Seleção

Valquíria Dullius - Crédito da Foto: Sesc Flamengo / Betinho-Alves - Divulgação
Valquíria Dullius – Crédito da Foto: Sesc Flamengo / Divulgação

Título nos Jogos Mundiais Militares (Olimpíada Militar na China), Bronze pela Superliga, Campeã Paulista, Tricampeã Carioca e outros tantos Títulos.

Ainda é apenas o começo para a Atleta que diz: “Meu grande sonho é jogar uma Olimpíadas e também desejo muito ganhar a superliga com o Sesc Flamengo, onde tive muitas experiências internacionais diferentes. E esse ano estou relacionada no grupo seleto de atletas, a lista da seleção principal, para quem sabe ter oportunidade de mostrar meu trabalho.”

Siga Valquíria Dullius no Instagram: @valcdullius

Advertisement
Valquíria Dullius - Crédito da Foto: Sesc Flamengo / Betinho-Alves - Divulgação
Valquíria Dullius – Crédito da Foto: Sesc Flamengo / Divulgação
Valquíria Dullius - Crédito da Foto: Sesc Flamengo / Betinho-Alves - Divulgação
Valquíria Dullius – Crédito da Foto: Sesc Flamengo / Divulgação

Continue Reading

Mais Lidas

Copyright © TimeOFFame - Todos os direitos reservados