Connect with us

Música e Show

Lapagode: Phil Zaq Brilha em Evento de Samba na Lapa

Published

on

No último domingo, 29 de outubro, o cantor Phil Zaq (@phil.zaq), surpreendeu o público do evento de samba Lapagode (@lapagodeoficial) que acontece todos os domingos no coração boêmio da Lapa, no Rio de Janeiro. Sua participação especial não apenas encantou a plateia, mas também evidenciou a importância da representatividade LGBTQIA+ no cenário do samba, enriquecendo, ao mesmo tempo, sua carreira.

Phil expressou sua alegria com a participação, compartilhando: “Foi ótimo! É muito bom ver surgindo cada vez mais movimentos e rodas de samba LGBTQIA+ o que nos mostra uma boa recepção por parte de nossa comunidade. Apesar de ser apenas uma participação, fui muito bem recebido e me diverti na apresentação. Desci do palco ao som de pedidos de BIS pelo público o que pra mim como artista é muito gratificante. Estou adorando essa nova fase da minha carreira e ansioso pelos próximos show. Agradeço a produção do evento e a todos pelo carinho.”

O samba, historicamente associado à masculinidade e heteronormatividade, tem aberto portas para artistas que desafiam esses estereótipos. A participação de Phil é um passo importante na quebra de barreiras e na promoção da inclusão de artistas LGBT em gêneros musicais tradicionalmente conservadores.

É admirável acompanhar a jornada musical de Phil, testemunhando sua habilidade em explorar e dominar diversos gêneros musicais. Para ficar atualizado sobre as próximas apresentações e novidades do cantor, não deixe de segui-lo no Instagram em @phil.zaq.

Advertisement

Assessoria de comunicação: WSM/ @wsmcomunicacao
Produção executiva: Casa Rio / @casariobr
RP: Wallace Safra / @wallacesafrarj

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Música e Show

Bento grava DVD com participação de Luiza Martins e João Bosco e Gabriel em Goiânia

Published

on

By

Novo trabalho reúne sete faixas inéditas e marca mudança na carreira do artista nascido em Hidrolina

Foi na pequena cidade de Hidrolina, interior do estado de Goiás, que o cantor Bento despertou seu amor pela música. Como tantas crianças nascidas neste estado, teve seu sono e despertar embalados pelas modas de viola e canções apaixonadas das duplas de irmãos famosos dos anos 1990. Hoje, aos 31 anos de idade, ele renova sua performance como artista e grava seu segundo DVD, “Sentimentos”, com participações mais que especiais de Luiza Martins, e de João Bosco e Gabriel, na próxima terça-feira, 12/12, na Moon, em um evento exclusivo para convidados em Goiânia.

O novo trabalho terá sete faixas, sendo seis inéditas. Uma delas, composição do próprio Bento. “Sentimentos” traz uma seleção de hits modernos que representam a geração do jovem artista que preza pela originalidade de quem acredita que é sempre possível inovar. “Uma das coisas que eu sinto falta nesse nosso momento contemporâneo da música, é ouvir uma canção e saber imediatamente de quem é aquela voz. Se ouvirmos Zezé Di Camargo e Daniel, por exemplo, sabemos que são eles” pontua Bento.

É com saudosismo e respeito que ele fala desses artistas, assim como Cristyan e Ralf, Leandro e Leonardo e Chitãozinho e Xororó. “Minha lembrança mais intensa de como a música entrou na minha vida é das madrugadas que meu pai saia para trabalhar na fazenda e deixava o rádio ligado para fazer companhia para eu e meus irmãos que tínhamos medo do escuro”, relembra.

Advertisement

Romântico assumido, Bento diz que suas músicas trazem a temática do amor como eixo central com um misto de diversão. É o caso de “Na sua Casa ou na Minha, interpretada junto com Luiza. “Eu gosto muito da inversão de ordem dessa canção, que traz uma abertura impactante e refrão mais baixo. Isso deu o toque original que eu procuro. Entre as baladas, destaque também para “Segura o Deboche”, “Recuperação Lenta” e “O Boteco Tem Ouvido”.

Desde a adolescência Bento busca viver de música. Gravou um CD em 2014 chamado “Vou Morar Na Lua”, quando deu seus primeiros passos para sua profissionalização. Com 11 faixas, esse trabalho contém, inclusive, composições de Marilia Mendonça e Maiara. Nesta época ainda assinava o sobrenome Rossine, que ele deixa agora nessa nova etapa de sua carreira.

Em 2020, ainda durante o período pandêmico, Bento gravou seu primeiro DVD. A época difícil quase fez o artista desistir, mas o sonho latente falou mais alto. Depois de uma temporada de volta a Hidrolina e de se dedicar aos estudos da faculdade de direito, ele se considera mais maduro e preparado para o mercado.

Não por acaso, o momento também traz mudanças na sua gestão de imagem com a participação da estrategista de carreira Maris Tavares, CEO da Officina de Estrelas, e responsável por contribuir com carreiras de nomes como Cristiano Araújo, Zezé Di Camargo, Murilo Huff, Felipe Araujo, Joelma, Hungria entre outros artistas de renome nacional. “Eu conheci o Bento há sete anos mas só agora conseguimos trabalhar juntos e claro que isso tem um toque divino. Esse talento merece atenção”, diz Maris.

Direção Geral: Rafael Vanucci
Produção Musical: Kennedy Silva

Advertisement

Continue Reading

Música e Show

Mc Mari dá um show no Primavera sound ao lado do Mc Binladen

Published

on

By

Apesar de um festival totalmente alternativo, numa temática diferente da artista Mc Mari quebrou todos os tabus, levando para o festival um show de Brega funk, Com suas músicas de mais de 100 milhões de views, a cantora fez centenas de pessoas “tirarem o pé do chão” a mesma citou que a mistura do show de ambos artistas foi proposital, Mc Binladen veio com suas músicas de sucesso muito conhecidas pelo público do festival, já à Mari veio de forma diferente, mostrando que o funk tem várias vertentes, sendo uma delas o brega. Mc Mari foi ovacionada pelo público, e citada pela crítica, a mesma respondeu “Estou acostumada a lidar com o melhor e o pior, Se nem Deus agradou a todos imagine eu..” Mc Mari segue trabalhando seu DVD Versão Brasileira ao lado de ícones nacionais como: Felipe Araújo, Vitão, Solange Almeida e muito mais.

Continue Reading

Música e Show

Irmãos Zoli, João Zoli e Pedro Zoli, lançam o álbum “REESCREVENDO A HISTÓRIA”

Published

on

By

Novo trabalho tem ligação com suas primeiras faixas: “NÃO ME DEIXE PARTIR” de 2019, se unindo ao seu pai, Cláudio Zoli e “MAPA ASTRAL”, de 2020 produzida por Neobeats, com a participação do Chelles3030.

Eles estão fazendo música, boa música, para o público jovem, já agradam a todos que ouvem, pela qualidade das letras e sonoridade. 

O Zoli, os irmãos, são jovens ligados à música, desde crianças, pela relação com o pai, e por quem eles conheceram ao longo da vida, com os pais e outros músicos.  

A repercussão digital das músicas está subindo, mas ambos têm bastantes seguidores e muitos plays em outros trabalhos e participações, e ambos têm muitos seguidores, qualquer coisa que eles postem tem imediato engajamento.  

Advertisement

“REESCREVENDO A HISTÓRIA” 8 faixas dos dois irmãos, com Nobru Oriente na produção dos beats. As músicas contam boas histórias e muitas verdades. Mostram a formação musical, influenciada pelo pai e pela mãe (pianista e cantora). As 8 faixas apresentam uma diversidade de estilo que nos leva a perceber a personalidade dos Zoli.  

Sei Lá Uma crônica sobre um relacionamento que não é rotulado, mas parecia ser muito bom. Ele tenta ficar com ela, até perceber que estavam em sintonias diferentes. Ela é uma garota dona da sua vida. Ele respeita isso com elegância. É um romance contemporâneo, com a marca dos novos relacionamentos. 

Carioca: Essa música retrata a mulher carioca. Ela está feliz e tranquila em qualquer ambiente. Sem preconceito. É a garota da capa, a mina que passa, estrela da tv. É dona do seu corpo e de seus desejos. É uma mistura de samba com rap, com uma pegada contemporânea. 

3 Dias A letra soa como um desabafo, mas não se trata simplesmente de um amor não correspondido. Trata de atração mútua e desencontro de momentos. Um retrato muito bem desenhado dos novos nos tempos atuais. O compromisso não é explícito. É quase velado.  

Norte a Sul Uma das músicas que possui referências como: Cigana do Delacruz, Keviin e da Clau; Caio Lucas. A melodia é mais lenta, a composição traz a proposta de viajar por aí. Ninguém está no comando da direção, simbolizando viver uma vida a dois. 

Advertisement

Ser Feliz A faixa foi a primeira lançada junto com o videoclipe. A letra remete à busca dos sonhos de cada um. O eterno aprendizado de viver os seus desejos, construir sua vida e não trair a promessa íntima de Ser Feliz.  

Sorte ou Azar Fala sobre relacionamento que não deu certo, algo que todos nós passamos em algum momento. Faz falta, mas terminou. E a vida segue, sem culpados. É a exaltação a um amor feliz, bem vivido, mas que acabou sem que ninguém tenha feito algo errado. É mais uma dessas armadilhas do destino.  

A Tal da Liberdade A música traz de volta à tona a sensação de liberdade, o saber viver com ela. O refrão “Eu tô vivendo a tal da liberdade” foi a ideia inicial na composição da música. E impacta a todas as pessoas que já tiveram oportunidade e a consciência de estar vivendo a tal da liberdade. Não é uma canção de protesto. É uma saudação. 

Vida Traz uma experiência de vida e foi escrita após uma vivência com alguém. Que já habitava o pensamento do autor há um tempo. A música entrou no álbum pela sensibilidade e pela melodia ser mais lenta. Trazendo para o trabalho um mistério que cada um de nós guarda dentro de si.

Advertisement
Continue Reading

Mais Lidas

Copyright © TimeOFFame - Todos os direitos reservados