Connect with us

Business

Com a pandemia, as vendas online cresceram em 41% no Brasil, só no último ano. Esse percentual não crescia tanto desde 2007

Published

on

No setor de moda teve mais de 1,51 bilhão de acessos nos e commerces em apenas um ano. E os números continuam aumentando mês a mês.

 

Esse aumento tem acontecido porque as pessoas não sentem mais medo de comprar suas peças online e as empresas têm focado cada vez mais na experiência do cliente.

 

Advertisement

E por conta de toda essa procura, muitas pessoas têm iniciado seus projetos no ramo, trazendo o seu olhar na moda e alcançando as pessoas que se identificam com ele.

 

Conversamos com a Paula Hey, dona do recente e-commerce Vira Moda By Paula Hey, para saber mais sobre como tem sido esse momento.

 

Como você sentiu vontade de entrar no digital?

Advertisement

ViraModa: O mundo hoje é digital, né? O digital já estava em crescimento, pós pandemia então. Hoje quando eu penso em algum empreendimento, o mundo digital é o único que vem à cabeça.

 

Como você define seu trabalho?
ViraModa: Meu trabalho está sendo um sonho, sonho esse que eu não sabia que tinha, meus pais sempre foram do ramo do comércio, sempre trabalharam com vendas, então acho que está no sangue.

 

Qual o objetivo mais importante para você?
ViraModa: A ViraModabyPaulaHey tem como objetivo mudar a vida das pessoas com a moda, trazendo muita coisa linda, com valor acessível e qualidade

Advertisement

 

Qual público você quer atingir?
ViraModa: Meu público alvo são mulheres (de todas as idades) mas com mais foco entre 18 a 45 anos. Na verdade eu pretendo atingir todos os públicos, no futuro, na ViraModaByPaulaHey vamos ter roupas femininas, masculinas, infantil, pet..

 

O que quer atingir com seu trabalho?
ViraModa: Quero atingir o sucesso né? Afinal é o que todos nós queremos, ser uma pessoa reconhecida no que faz, uma referência.

 

Advertisement

Defina em uma palavra: Meu trabalho é: coragem.

 

Defina em uma palavra: Meu ramo precisa de: determinação.

 

Para conhecer mais sobre a loja, clique no link abaixo:

Advertisement

Instagram: https://www.instagram.com/viramodabypaulahey/

Site: http://paulahey.vira.moda/

 

Advertisement
Continue Reading
Advertisement

Business

Calvície masculina: quais os sinais de alerta?

Published

on

By

Segundo o médico Stanley Bittar, é preciso observar o que acontece no couro cabeludo para buscar ajuda assim que necessário

A calvície masculina afeta cerca de metade dos homens até os 50 anos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). O público masculino costuma se queixar muito da queda de cabelos e das “famosas” entradas proeminentes. Mas se a calvície afeta e preocupa tanto os homens, quais os sinais de alerta que mostram que ela está chegando de fato?

Segundo o médico e empresário Stanley Bittar, CEO da Stanley´s Holding, que atua em diversos setores, incluindo educação, saúde, beleza, bem-estar, tecnologia, investimento, fintechs e startups, a calvície pode ser gerada por uma série de fatores, sendo a mais comum a herança genética. “Ela pode afetar tanto homens quanto mulheres. Quem é homem, costuma herdar a calvície da família materna, ou seja, se tiver um avô ou bisavô calvo por parte de mãe, terá mais chances de perder os cabelos também. Isso porque um dos genes associados à calvície masculina fica localizado no cromossomo X da mãe e é recessivo. Ou seja, se o homem herdar da mãe um cromossomo com esse gene, ele será calvo”, explica Stanley.

O especialista ressalta que, por conta disso, a genética já é, por si só, um primeiro alerta e os sinais começam com um afinamento na coroa ou recuo na linha do cabelo. “No caso das mulheres, seria necessário herdar dois genes alterados, da mãe e do pai, para a calvície se manifestar”, diz ele.

O médico ressalta, porém, que a genética não é a única condição a ser observada. “Existem outras questões que podem levar à perda do cabelo, como hormônios, medicações e tratamentos e condições médicas, como doenças autoimunes, tratamento de câncer e problemas na tireoide. Por isso, é importante estar atento aos sinais para buscar apoio médico e tratamentos assim que necessário”, afirma Stanley Bittar.

Advertisement

De acordo com o CEO da Stanley´s Holding, a idade em si, além do estilo de vida e saúde, também pode afetar a saúde capilar. “É natural que, à medida que os homens envelhecem, eles percam cabelo em razão da menor atividade dos folículos capilares. Além disso, se o homem vive uma vida com muito estresse ou dieta inadequada, também pode haver perda de cabelo”, diz.

O médico conta que há alguns sinais que podem indicar que a calvície está chegando e vale a pena ficar atento e buscar um especialista. “É importante saber que hoje temos solução para a questão da calvície, por isso ninguém precisa sofrer por conta desse problema”, diz.

Confira os sinais mencionados por Stanley Bittar:

  1. Recuo da linha do cabelo: É um dos primeiros sinais, geralmente, forma uma linha em formato de “M” no couro cabeludo.
  2. Cabelo se torna mais fino: Quando o cabelo começa a ficar mais fino, especialmente no topo da cabeça, pode ser um sinal de que a calvície está chegando.
  3. Perda de cabelo no topo da cabeça: Em alguns casos a calvície começa no topo da cabeça, resultando em uma área calva que pode aumentar ao longo do tempo.
  4. Queda excessiva de cabelo: Se o homem observa que há quantidade maior de cabelo caindo ao pentear, lavar ou até mesmo no travesseiro ao acordar, é um sinal importante de que algo está acontecendo.
  5. Áreas calvas: É preciso estar atento ao surgimento de áreas calvas e pequenos pontos “carecas” no couro cabeludo.

Sobre Stanley Bittar

Stanley Bittar é empresário com mais de 20 anos de experiência em cirurgia plástica. Mestre em medicina estética e palestrante renomado, sua trajetória é marcada por um espírito empreendedor indomável, que o levou a se tornar referência internacional em transplantes capilares.

Como CEO da Stanley’s Holding, Stanley lidera um grupo que atua em diversos setores, incluindo educação, saúde, beleza, bem-estar, tecnologia, investimento, fintechs e startups, todos integrados em um ecossistema completo com mais de 1000 colaboradores. Também é fundador da Stanley’s Hair, uma rede de clínicas de transplante capilar que se tornou a número 1 da América Latina. Seu grande sonho sempre foi democratizar o acesso ao transplante capilar no Brasil e no mundo e assim tem feito. Para mais informações acesse o instagram @stanleybittar e www.stanleybittar.com

Advertisement

Continue Reading

Business

Regulamentação das Apostas no Brasil: Dr. Faustino da Rosa analisa as Novas Regras e Impactos

Published

on

Dr. Faustino da Rosa Júnior destaca as inovações, responsabilidades e medidas de proteção social introduzidas pela Portaria nº. 827, que regulamenta o crescente mercado de apostas digitais no país.

No dia 21 de maio de 2024, a Secretaria de Prêmios e Apostas do Ministério da Fazenda publicou a Portaria nº. 827, um marco crucial na regulamentação das apostas no Brasil. Essa medida estabelece regras claras para a exploração comercial das apostas de quota fixa, regulamentando o art. 29 da Lei nº 13.756/18 e os arts. 4º a 13 da Lei nº 14.790/23. O Dr. Faustino da Rosa Júnior, especialista em Direito Tributário Digital, analisou os impactos dessa regulamentação.

Com a expansão da internet e o fácil acesso às plataformas de apostas online, o número de brasileiros envolvidos nessa atividade de entretenimento aumentou exponencialmente. Segundo o especialista, o mercado de igaming, que inclui apostas esportivas e cassinos online, movimentou cerca de um trilhão de dólares no Brasil em 2023, tornando o país o maior mercado de igaming do mundo.

Apesar das oportunidades de entretenimento e receita fiscal oferecidas pelo mercado de apostas digitais, o Dr. Faustino alerta para os riscos associados. “O vício em jogos de azar é uma questão séria que pode afetar a saúde mental e financeira dos indivíduos, além de suas relações familiares e sociais,” afirma. Ele ressalta a importância das medidas de responsabilidade social implementadas pelas empresas de apostas, como a promoção do jogo responsável e a proibição da participação de menores de idade.

Advertisement

A Portaria nº. 827 introduziu inovações significativas, delineando as responsabilidades administrativas e fiscais dos operadores de apostas. Para obter uma licença, as empresas devem comprovar habilitação jurídica, regularidade fiscal e trabalhista, idoneidade, qualificação econômico-financeira e técnica. Além disso, somente pessoas jurídicas constituídas sob a legislação brasileira, com sede e administração no país, são elegíveis para autorização.

A nova regulamentação especifica que os pagamentos só podem ser feitos via PIX ou cartão de débito, visando reduzir o superendividamento e prevenir a lavagem de dinheiro. As empresas também devem manter uma reserva financeira mínima de R$ 5 milhões e estar em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). O especialista destaca a importância da tributação justa: “Os operadores de apostas ficam com 88% do valor, excluído o prêmio, e 12% são direcionados ao governo, divididos entre esporte, turismo, segurança pública, entre outros.”

Para garantir o cumprimento das normas, foi criada a Secretaria de Prêmios e Apostas, com três subsecretarias: Autorização, Monitoramento e Fiscalização, e Ação Sancionadora. O Dr. Faustino enfatiza que o reconhecimento facial obrigatório e a proibição de propaganda voltada a menores são medidas cruciais para garantir a integridade das operações. “Somente empresas licenciadas podem operar, o que traz estabilidade e segurança jurídica,” afirma.

A regulamentação das apostas no Brasil representa um avanço significativo, proporcionando estabilidade, segurança jurídica e proteção aos consumidores, além de aumentar a arrecadação federal.

Advertisement
Continue Reading

Business

Sustenta Sol no Campo: Revolucionando a Renda do Produtor Rural

Published

on

By

Novo Programa Garante Aposentadoria para Agricultores com Apenas 1000 m² de Placas Solares

A iniciativa “Sustenta Sol no Campo” está transformando a realidade dos produtores rurais, proporcionando uma alternativa inovadora para garantir uma renda estável e uma aposentadoria digna. Com a instalação de painéis solares em uma área mínima de 1000 metros quadrados, os agricultores podem agora desfrutar dos benefícios da energia renovável enquanto asseguram sua independência financeira.

Benefícios do Sustenta Sol no Campo

  1. Renda Estável e Sustentável:

O programa permite que os produtores rurais gerem energia solar, que pode ser vendida para concessionárias de energia, garantindo uma fonte constante de renda. Esse modelo de negócio oferece segurança financeira, independentemente das safras agrícolas e das condições climáticas adversas que possam afetar a produção agrícola tradicional.

  1. Aposentadoria Segura:

Com a receita gerada pela venda de energia solar, os agricultores têm uma nova forma de garantir sua aposentadoria. O programa oferece um plano financeiro sustentável que independe do trabalho físico intenso, permitindo que os agricultores envelheçam com dignidade e tranquilidade.

  1. Sustentabilidade Ambiental:

A instalação de painéis solares contribui para a redução da emissão de gases de efeito estufa, promovendo um uso mais sustentável dos recursos naturais. Isso não só beneficia o meio ambiente, mas também melhora a imagem dos produtores rurais como defensores da sustentabilidade.

  1. Diversificação da Renda:

Além da agricultura tradicional, os produtores rurais passam a contar com uma nova fonte de receita. Essa diversificação é crucial para a estabilidade econômica, especialmente em períodos de crise no setor agrícola.

  1. Valorização da Propriedade:

A instalação de um sistema de energia solar aumenta o valor da propriedade rural. Terras equipadas com tecnologia sustentável tendem a ser mais valorizadas no mercado, oferecendo uma vantagem adicional para os agricultores.

  1. Incentivos Governamentais:

O governo oferece subsídios e incentivos fiscais para a instalação de sistemas de energia solar, tornando o investimento ainda mais atrativo e acessível para os agricultores.

O “Sustenta Sol no Campo” não só representa um avanço tecnológico e econômico para os produtores rurais, mas também marca um passo significativo em direção a um futuro mais sustentável e próspero para o setor agrícola. Com esse programa, os agricultores têm a oportunidade de garantir uma vida mais segura e estável, enquanto contribuem para a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento das comunidades rurais.

Advertisement
Continue Reading

Mais Lidas

Copyright © TimeOFFame - Todos os direitos reservados