Connect with us

Música e Show

Manifesto Musical pelo Planeta

Published

on

Projeto ‘Ursos Híbridos’ reúne músicos de diferentes procedências, que se mobilizaram em gravações remotas motivados pela crise ambiental

Com um extrato de mais de vinte e cinco produções executivas de CDs e DVDs para artistas como Nei Lisboa, Vera Loca e Nenhum de Nós, o produtor Antonio Meira não hesitou em colocar em execução o projeto “Ursos Híbridos” no final de março. Viu na quarentena uma oportunidade para abordar vários músicos com o desafio de criarem e gravarem uma canção cuja inspiração fosse a “crise global do clima”. Cinco meses depois, lança um disco coletivo com dez músicas que chega às plataformas digitais dia 11 de setembro, através de seu selo Ímã Records.

O título do projeto é uma figura de linguagem que explora a interação de músicos em cidades e países diferentes, que tiveram que hibridizar para gravar suas músicas. A metáfora associa a necessidade de conexão entre eles, não só pela busca providencial de uma colab, mas também pela disposição de compartilhar uma causa. De uma maneira ou de outra, nas letras aparecem temas que remetem a inquietação com as interferências ambientais no planeta.

O aquecimento global provoca o derretimento de geleiras e o consequente deslocamento de ursos polares de seu habitat natural, na perspectiva de sobrevivência. Esse movimento proporciona o contato entre espécies diferentes, antes isoladas, provocando o surgimento de ursos híbridos.

Advertisement

Mas o que isso tem a ver com a música? Ou o que a música pode fazer por isso? Ursos Híbridos, o álbum, é uma trilha sonora inspirada na crise global do clima. Confinados em suas casas, tendo que compor, tocar e gravar, a inspiração para os artistas passa pela consciência de que tudo se relaciona e que a pandemia teve sua origem em uma zoonose. Em tempos de distanciamento social e quarentena, chamam a atenção para a necessidade cada vez mais urgente da preservação do planeta.

Como se estivessem flutuando em seus icebergs em meio aos nossos continentes, a distância aqui funcionou como desculpa para a elaboração do álbum. O tema de inspiração de cada uma das músicas foi um só: cuidar mais do mundo que nos cerca usando a música a serviço da conscientização.

Segue anexado release com as explicações por traz das faixas com letras importantes e necessárias:

Spotify: https://open.spotify.com/album/22PjmpsHkW9KETSZGkwbJk?si=CE_xjjhFQlG0sEOffJcxeg

 

Advertisement

Deezer: https://www.deezer.com/br/album/170044212

 

Youtube Music: https://music.youtube.com/playlist?list=OLAK5uy_ld2h7-TCY3cJ2J2hRhi2rZLMlRZpHN7y8

 

Amazon Music: https://music.amazon.com.br/search/ursos+h%C3%ADbridos#

Advertisement

 

Apple Music: https://music.apple.com/us/album/ursos-h%C3%ADbridos-original-soundtrack/1529501611

 

 

  1. Luciano Albo e Bibiana Petek – “Ainda Temos Tempo”
  2. Jéf – “Depois de Nós”
  3. Veco Marques – “Patagônia”
  4. Atelier Tupi – “Sorriso da Manhã”
  5. Rodrigo Bianchini & Bohemian Folk Rock Band – Wild Bears
  6. Richard Powell – O Último Inverno do Ártico
  7. Márcio Tubino – “Simples Assim”
  8. Edu K – “Disco Home”
  9. Estevão Camargo – “Pé-d’Água”
  10. Cee – “Scared”

 

Advertisement
Continue Reading
Advertisement

Música e Show

Jurado do Canta Comigo lança música inspirada em Shakespeare

Published

on

Inspirada nas obras de William Shakespeare, Henrique IV (primeira parte) Henrique IV (segunda parte) e Henrique V, Marquês viaja até o século XIV e traz para você a sua nova obra musical, “Quinta do Marquês”.

De acordo com a história, após Henrique IV ser banido da Inglaterra pelo seu primo, o Rei Ricardo II, Henrique reúne seu exército de guerreiros e retorna com um claro objetivo, tomar o trono de Ricardo.

Nessa trama medieval personagens icônicos da obra shakespeariana estão presentes na canção, como João de Gante (pai de Henrique) e Sir John Falstaff, notório boêmio fanfarrão.

Para coroar essa releitura épica, inspirada em uma das mais reconhecidas peças teatrais da literatura mundial, o videoclipe foi gravado em um castelo medieval, localizado no norte de Portugal, no histórico Castelo de Lanhoso, com direito a figurino de Rei, luta de espada, imagens aéreas e muito mais.

Advertisement

Liberte a sua imaginação, aumente o som e venha conhecer esse novo e entusiasmante lançamento musical, “Quinta do Marquês”.
Em todos os canais,
@marquesaria

Continue Reading

Música e Show

Doença inspira Jamm´ a gravar nova versão de “100 days” de Sharon Jones

Published

on

Em 2021, Jamm´um dos melhores produtores musicais do Brasil, conhecido como “David Guetta brasileiro” contraiu Covid-19 e chegou a ficar 12 dias na UTI do hospital com 80% dos pulmões comprometidos, além de muitos dias internado e em repouso. Durante essa fase difícil, Jamm´, que já produziu para grandes nomes do cenário musical nacional e internacional, buscou a música como alternativa para relaxar em um momento tão complicado.

E sua música preferida (e mais ouvida) era “100 days, 100 nights” gravada pela diva da black music, Sharon Jones, que faleceu em 2016.

“Essa música tem um significado muito especial para mim. Através dela ganhei motivação e ânimo para batalhar pela minha vida. Para quem não sabe, em 2021 fui internado com Covid , 80% dos pulmões acometidos, quase morri. Deitado na cama da UTI só pensava em me curar e voltar ao estúdio para produzir esse remake e agora, um ano depois torna-se realidade. Os vocais potentes da canção e a energia que me passou, me fez refletir sobre minha vida e uma vontade enorme de regravar essa canção, sem perder os detalhes da versão original.  Me apresentaram a cantora Francine Moh, irmã caçula de Vanessa Jackson, que já foi vocalista de Seu Jorge, Mano Brow e atualmente do cantor Jão. Apresentei a música à ela e foi “match”. Gravamos e o resultado ficou sensacional e estamos lançando nas plataformas nessa semana”, declara Jamm´ que ficou extremamente satisfeito com o resultado e feliz com a cura pela Covid-19.

“Quero que todos conheçam essa canção, porque tem uma força muito grande. Felizmente estou bem de saúde e agradeço a força da canção que me auxiliou na recuperação em um momento tão difícil. A música realmente cura”, declara o DJ e produtor.

Link da faixa: https://onerpm.link/100days

Fotos: Robert thompson

Advertisement
Continue Reading

Música e Show

DJ brasileiro EME lança remix oficial de “Enquanto houver sol”, dos Titãs

Published

on

A canção, que originalmente foi lançada há quase 20 anos, ganha uma nova roupagem, sem perder a sua verdadeira identidade, com autorização do cantor e compositor Sérgio Britto

O produtor e DJ brasileiro EME, uma das grandes sensações da música eletrônica nos últimos anos, acaba de lançar o remix oficial do hit  “Enquanto houver sol”, da banda Titãs. A track, autorizada pelo cantor e compositor Sérgio Britto, já está disponível nas principais plataformas digitais como Spotify, Deezer, Apple Music, iTunes, Amazon Music, Napster, Shazam, GooglePlay, entre outras, e que será lançado no dia 17 de junho.

Faça o pré-save:  https://found.ee/EnquantoHouverSol 

A canção original, que chegou a ficar entre as 10 músicas mais tocadas de 2004, traz uma mensagem atemporal de esperança para momentos marcados por desafios, dificuldades, perdas e dúvidas.

Advertisement

O remix assinado por EME traz uma nova roupagem, com arranjos moldados especialmente às pistas, porém sem perder as características originais.

“Foi um grande desafio o processo de criação desse remix, porque estamos falando de uma das maiores bandas de rock do Brasil. Tivemos que traçar uma linha bem tênue para não sair da linguagem que eles expressam nessa música. Os timbres, as melodias e os BPMs precisam estar alinhados com a verdadeira proposta da canção. Estou muito honrado de lançar esse remix oficial e de trazer esse grande hit do rock nacional para dentro da música eletrônica”, declarou EME.

Produtor e DJ brasileiro EME - Crédito da Foto: Divulgação

EME já produziu grandes remixes de sucessos como “Cheia de Manias”, do grupo Raça Negra, que dominou as pistas dos principais clubs do país e do exterior. Ele também conquistou excelentes alcances com as faixas “I got you” , “Save us Now” e rework do clássico “Beggin” e bem-sucedidas performances em Dubai, nos Emirados Árabes.

Carismático e com presença de palco marcante, podemos dizer que as palavras Energia, Motivação e Emoção formam EME, que tem se destacado não só pelo talento, mas pelo seu feeling musical surpreendente.

Artista completo, ele navega muito bem no mercado premium, já tendo marcado presença em grandes eventos e festas nacionais e internacionais. O DJ é a primeira grande aposta da Opus Entretenimento na música eletrônica.

Advertisement

O mineiro é um artista completo. Versátil, o seu principal trunfo é sentir o que a pista pede, portanto, cada show se torna uma performance exclusiva.

Em pouco tempo de trajetória, EME está em os 30 DJs mais bem posicionados na cena eletrônica do Brasil e figurou na posição de 122º entre as mais ouvidas no Brasil na plataforma Spotify, conquistou mais de 8 milhões de plays em 1 ano de carreira e foi capa da playlist eletrônica mais ouvida do aplicativo: EletroBR.

Em apenas três anos, EME já conquistou reconhecimento nacional e internacional, marcando presença em grandes eventos e festas de labels nacional e internacionalmente reconhecidas como Festa do Tim, Festa do Zebu, Bacana, Café Jurerê, P12, Le Barbaron, Villa Mix, Pacha Tour, Sirena Tour, FDS Araxá, Pipa Weekend, Escarpas Weekend, Beats Patos, CRO BAR (Argentina), Caldas Cowntry, Rifaina Beach, Camarote Barretos, Audi Connection, Circuito Kia, Wall Miami, Redford São Francisco, Attic Orlando, entre outros.

O DJ é figura presente na TV brasileira e nos principais veículos de mídia, dentre eles podemos destacar: Globo, SBT, Record, Caras, QUEM, G1 entre outros.

Advertisement
Continue Reading

Mais Lidas

Copyright © TimeOFFame - Todos os direitos reservados