Connect with us

Música e Show

Em parceria, Lazy Bear e Mister Jam lançam “City Lights”, novo single que promete cair no gosto da cena eletrônica

Published

on

Lazy Bear e Mister Jam, dois produtores de música eletrônica reconhecidos em cenário internacional se uniram para um novo projeto que nasce grande, e tem expectativa de alçar longos vôos. Chega nesta sexta-feira, 16, nas plataformas digitais a track “City Lights”, primeira música da parceria.

“City Lights” é uma faixa conectada com a sonoridade que vem dominando o atual universo eletrônico, com vocais marcantes do próprio produtor e do DJ Mister Jam, que tem tudo para ganhar os charts e sets não apenas no Brasil, e sim no mundo.

Lazy Bear tornou-se conhecido pelas parcerias de sucesso ao lado do DJ e produtor brasileiro Vintage Culture comgro “Why Don’t U Love” ao lado de SELVA e “Sweet Disposition”, da banda Temper Trap – além de ter assinado remixes para artistas como Dimitri Vegas & Like Mike, os reis do Tomorrowland (principal festival de música eletrônica no mundo), e de inúmeros hits, característica do artista em seus shows, por todo o território brasileiro.

“É um prazer retomar essa parceria com o Lazy Bear. Nos conhecemos há mais de 10 anos, e fiquei muito com o convite para colaborar, principalmente gravando vocais nessa faixa”, declarou Jam.”

Advertisement

Mister Jam é um dos pioneiros da música eletrônica no Brasil, é responsável por projetos como Kasino no início dos anos 2000, e remixes nacionais de sucesso com Jota Quest, Luisa Sonza, Wanessa, Mahmundi, dentre outros.  A música já está disponível em todas as plataformas digitais.

 

“City Lights”

Advertisement
Continue Reading
Advertisement

Música e Show

Maíra Tonezzer apresenta ‘Rolê’, o segundo single do aguardado EP PAPO RETO

Published

on

O Lançamento vem acompanhado de um videoclipe concebido e produzido por Pedro Magrod, da Muvuca que Cura. 

A cantora e compositora paulistana Maíra Tonezzer acaba de lançar “Rolê”, o segundo single do seu aguardado EP PAPO RETO, fruto da colaboração com o multiinstrumentista capixaba Éder Monteiro. A faixa está sendo distribuída pela Virgin Music Brasil e já está disponível em todas as principais plataformas digitais. 

O videoclipe de “Rolê” foi dirigido por Pedro Magrod, da Muvuca que Cura, conhecido por seus projetos como o Navio Pirata do BaianaSystem no carnaval de São Paulo. As filmagens ocorreram em locações em Portugal, como as ruínas de um antigo sanatório em Lousa e as areias da Praia de Trafaria, às margens do Rio Tejo. 

O EP PAPO RETO, que será lançado em breve pelo selo Relva Music, conta com quatro singles, produção fonográfica da Pipoca.com e faz parte de um projeto Retro Futurista, que combina ritmos brasileiros, influências africanas e baianas, resultando em uma mistura envolvente de percussão tradicional e batidas eletrônicas. 

Advertisement

A parceria entre Maíra e Éder começou no ano passado, na Vila de Caraíva, em Porto Seguro, Bahia, onde Maíra reside boa parte do ano. A conexão artística entre eles foi instantânea e desde então não pararam de trabalhar juntos. 

“Já no primeiro momento começamos a conversar sobre produção musical, Éder contou sobre seu conhecimento no mercado e fiquei bastante interessada. Marcamos um novo encontro e desde então não paramos mais e demos início a este novo projeto”, conta a cantora. 

Durante meses, os músicos dedicaram-se à criação de novas músicas em um ambiente de homestudio, até as composições ganharem forma nas melodias e letras. Ao longo do último ano o trabalho foi sendo gravado e finalizado, contando com a colaboração de músicos da rede de contatos de Éder.

O projeto visual, dirigido pelo fotógrafo Marcos Credie e com maquiagem de Cris Malta, combina a ancestralidade com tendências futuristas, criando uma atmosfera distópica e atemporal. Maíra Tonezzer e Éder Monteiro foram transformados em viajantes do tempo, capazes de trazer influências do passado e do futuro para o presente. 

Advertisement
Continue Reading

Música e Show

Diego Bragà lança single e videoclipe de ‘Minha Infância Acabou”

Published

on

Prepare-se para uma viagem POP, dançante, nostálgica e não-convencional. A artista trans não-binária Diego Bragàapresenta o seu novo single autoral, “Minha Infância Acabou“, que chegou em todas as plataformas de música no dia 21 de junho, com a luxuosa produção musical da DJ Boss in Drama e via selo Estúdio304, de Chico Neves. A multiartista mineira, que reside entre Brasil e Europa, lança também o videoclipe da faixa, no mesmo dia, em seu canal no YouTube. A arte da capa traz uma foto de uma boneca não-binária (co-criada com IA), que representa a própria Diego Bragà e infâncias.

“Minha Infância Acabou” nasce como um remix-single, contendo novas gravações, do primeiro projeto fonográfico de Diego, “Geografia do Amor”, single duplo lançado em 2019, que fazia alusão a uma caixa repleta de cartões postais recebidos por homens de todo o mundo, deixada como herança à artista pelo seu amado tio. Agora, ela dá nova roupagem ao projeto, com batidinhas chiques e contagiantes que se unem às reflexões propostas na letra. 

“Minha Infância Acabou’ é uma música hit que traz uma visão poética e celebrativa sobre a infância queer no Brasil desde os anos 1970. O projeto anterior era bastante conceitual e melancólico – era a minha homenagem fúnebre ao meu tio gay e soropositivo que me criou com muito amor. Convidei a Boss in Drama para dar uma cara mais gay, alegre e pegajosa!”, afirma Diego Bragà, que completa: “A faixa será lançada também no Mês do Orgulho, para celebrar a diversidade e o amor LGBTQIAPN+”.

Dançante e reflexiva, a música traz fragmentos e impressões da infância de Diego e da sua relação com o tio. É também cheia de referências a ícones da infância dos anos 1980 e 1990, como a She-Ha! e os Ursinhos Carinhosos. Por se entender como uma pessoa não-binária, essas referências são propositalmente neutras em relação ao gênero. A não-binariedade aparece ainda em outras referências, na música e no videoclipe, convidando para um olhar mais doce e menos cartesiano sobre a vida.

Advertisement

“O single brinca com a ideia do fim da infância e traz seres enigmáticos das lembranças das infâncias anteriores à minha, como um resgate arqueológico. A música traz porta-estandartes da infância queer, daqueles que, como eu, independente da sexualidade, não se adequaram nem à Barbie e nem ao futebol. Possivelmente muita gente vai vibrar com essas referências”, avalia.

Ambientado numa festa infantil, videoclipe propõe um confronto entre Diego e a figura mórbida do ‘Palhaço sem graça’

O videoclipe de “Minha Infância Acabou” traz como cenário de festa de aniversário infantil kitsch, com docinhos, refrigerante e balões. Uma festinha democrática, daquelas que todo mundo já teve. De um lado da mesa, está Diego. Do outro, um palhaço, o “Palhaço Sem Graça”, que representa uma figura infeliz, pronta para acabar com a alegria e os sonhos infantis.

“O clipe foi gravado no governo do último presidente. Não por acaso, esse palhaço representa um ser que tenta matar a possibilidade gay (alegre) da vida. Já do outro lado, estou eu: uma bicha, travesti, transfeminina não-binária, de frente para ele numa festinha de infância precária. O clipe questiona – sem resposta – se será possível uma infância queer ter alguma compaixão e benevolência a esse palhaço assassino de festa”, conta Diego, que tem como grandes referências musicais Rita Lee, Marina Lima, David Bowie, Yoko Ono, Heitor Villa-Lobos e UAKTI.

Com o clipe, a multiartista, que já teve um dos seus projetos audiovisuais publicados no New York Times, quer também provocar e trazer a pauta da não-binariedade à tona.

Advertisement

“O mundo não-binário é o que é natural na natureza, é o caminho da sobrevivência, há muito mais entre o sim e o não, o preto e o branco. Proponho uma ideia queer de diálogo, em que duas pessoas completamente diferentes vão à mesma festa e tem que conviver. O final é como a natureza, surpreendente!”, adianta.

SOBRE DIEGO BRAGÀ  (they/she): Artista trans não-binária que mantém o seu nome de batismo como ato de amor e confiança aos seus pais. Nascida em Belo Horizonte, desde criança é andrógina. Na sua infância a sua vó a ensinava a cantar para as flores do quintal. Quando ela morreu Diego começou a compor. Desde então lançou 2 EPs: GEOGRAFIA DO AMOR (2022) com produção de Chico Neves; e SUPERPUTA SPIRITUAL (2023) produzida 100% por pessoas trans lusófonas. Iniciou a sua carreira pelo teatro, ainda adolescente. Como criadora ganhou cinco prêmios, entre eles o Cena Minas e Revelação da Revista Encontro. Trabalhou com o Grupo Galpão, o coreógrafo Jérôme Bel e o diretor de Avignon, Tiago Rodrigues. Em 2021, por meio de um filme sobre ancestralidade queer recebeu a bolsa do Sundance Festival e o seu filme THINK ABOUT THE BEAUTIFUL FUTURE AHEAD foi adquirido pelo The New York Times. E com ele uma onda de amor.

SOBRE O Estúdio304|selo: Idealizado por Chico Neves, um dos principais produtores musicais do país, o Estúdio304|selo é uma plataforma independente. Projeto que se desdobra a partir do Estúdio304 /RJ, espaço onde Chico Neves produziu e registrou dezenas de discos essenciais para a música contemporânea, entre eles: “Lado B Lado A” d’O Rappa; “Um Som” de Arnaldo Antunes; “Maquinarama” do Skank; “Eu Tu Eles” com Gilberto Gil e “Bloco do Eu Sozinho” da banda Los Hermanos. O Estúdio304|selo, que nasceu no RJ há 20 anos e agora tem sua nave estacionada em Macacos/Nova Lima/ MG, estreou em um 2020 de suspensões mirando no que importa – a música tratada da única maneira que seu idealizador pode vislumbrar num momento como esse: com cuidado e afeto. Antes um quartinho num apartamento no Rio de Janeiro, hoje um selo em meio a natureza com todos os seus vizinhos pássaros, cachoeiras e matas.

FICHA TÉCNICA – SINGLE:
Voz e composição: Diego Bragà
Produção musical: Boss in Drama

FICHA TÉCNICA – VIDEOCLIPE:
Elenco: Diego Bragà e Germano Melo como “Palhaço Sem Graça”
Roteiro: Diego Bragà 
Direção Audiovisual: Rodrigo Oliveira (LAVA)
Direção de Fotografia: Ciro Thielmann (LAVA)
Direção de Arte: Luiza Palhares (LAVA)
Hair & Make-Up: Carol Viveiros 
Direção de Produção: Nina Bittencourt
Produção executiva: MADAME TEATRO 

Advertisement

SIGA DIEGO BRAGÀ:

Site: http://adiegobraga.com/ 
Spotify: https://open.spotify.com/artist/5RPx1ApFNFLdr1piKSTk1i 
Instagram: https://www.instagram.com/adiegobraga/ 
YouTube: www.youtube.com/@diegobraga4421 

Continue Reading

Música e Show

Sucesso garantido: Odoguiinha, Vinicius Henuns e Metturo anunciam novo single

Published

on

By

Após firmarem uma parceria, Odoguiinha e Vinicius Henuns convidaram o cantor e ex-ator de Carrossel, Metturo, para um novo single em espanhol, dessa vez em trio. Os fãs dos artistas já vinham percebendo as mudanças feitas nas redes sociais deles.

O lançamento do single em espanhol está programado para a próxima semana nas plataformas digitais, possivelmente entre terça e quarta-feira. Os artistas optaram por manter os detalhes em segredo para surpreender o público e não vão divulgar informações sobre a música, pois é um single surpresa.

“Estou muito feliz por fazer parte dessa colaboração, sou um grande admirador desses talentosos artistas. Tenho certeza de que este single será um sucesso mundial”, afirmou Metturo.

Odoguiinha, ou Douglas Fernando, é um artista multifacetado conhecido por sua atuação e participações em programas de TV e novelas. Atualmente mora em Vitória de Santo Antão, Pernambuco, e conta com aproximadamente 2 milhões de seguidores nas redes sociais.

Advertisement

https://www.instagram.com/p/C8hyN42Ou2c/

A colaboração entre Odoguiinha e Vinicius Henuns não é recente! Os dois artistas se uniram para lançar a música “Muero Por Tenerte”, um single em espanhol divulgado em março deste ano.

Vinicius Henuns é ator, cantor e empresário que se destacou por sua extensa carreira, tendo trabalhado com renomados artistas internacionais. Além disso, ele ganhou reconhecimento nacional por sua participação em “Meus 15 Anos: O Filme”, contracenando com Larissa Manoela e Apurando com Nay de Deus ao lado da apresentadora e jornalista Nayara de Deus.

Metturo é um artista latino, que atua como ator, cantor e influenciador. Ele se tornou conhecido em todo o país ao participar das novelas Corações Feridos e Carrossel, exibidas pelo SBT, além dos filmes Divino Amor e Doce Encanto. Sua fama cresceu graças a diversos acontecimentos na mídia, como polêmicas, sucesso na música, talento na atuação e até mesmo desentendimentos com celebridades. Como influenciador digital, Metturo ampliou seu público ao compartilhar seu dia a dia, dicas de moda e viagens. Ele também teve a oportunidade de disputar uma vaga em A Fazenda 15 e no BBB 2022.

Advertisement
Continue Reading

Mais Lidas

Copyright © TimeOFFame - Todos os direitos reservados