Connect with us

Cultura Pop

Assessor dos famosos, Roberto Rodrigues disse que já teve vontade de mudar de profissão

Published

on

Há mais de 25 anos na comunicação e há 13 anos à frente da agência Talentmix Comunicação, especializada em assessoria de imprensa, ações de relacionamento e eventos, o jornalista Roberto Rodrigues disse com exclusividade ao “Time of Fame” que já pensou em mudar de atividade profissional durante a pandemia.

“Nunca tinha trabalhado em home-office, sou daqueles que tem horário de entrada e saída e durante a pandemia, onde o mercado em que atuo passou por transformações, recebi convites para o mercado corporativo, mas decidi continuar na minha missão”, declara o empresário. “Infelizmente vi muitas coisas acontecerem durante essa pandemia: bons escritórios fecharem, o mercado ser invadido por amadores que criam sites inexpressivos para dar visibilidade, muitas vezes, para quem não tem valores e que pagam 300 reais por isso, além de estelionatários darem golpes em pessoas, sem respeitar o sonho delas, isso sem falar na máfia da internet que vende notas sem a autorização dos veículos que o Leo Dias denunciou e descobri que realmente existe. É muito lamentável, tudo o que eu vi. Ser jornalista é trabalhar com a ética e a verdade, não em troca de algumas moedas. Isso é literalmente prostituir a profissão”, confessa Roberto.

O jornalista que teve uma coluna de uma página aos domingos no jornal Diário de São Paulo, recebeu o convite da jornalista Fábia Oliveira para ser um dos seus colaboradores durante as férias de uma jornalista e declara que a experiência foi engrandecedora:

“Fazer uma coluna semanal é tranquilo, agora diária e com a preocupação da exclusividade é uma loucura. Fábia é uma grande jornalista e sabe fazer muito bem o seu trabalho, trabalha 18 horas por dia, checa as informações antes de publicá-las e tem uma equipe muito competente. O que me chamou a atenção é a quantidade de pessoas que fazem qualquer coisa pelos seus 15 minutos de fama, como diria Andy Warhol. Foi uma experiência que me deixou muito antenado.”

Advertisement

Agora sobre mudar realmente de profissão, Roberto deixa claro que poderia trabalhar com vendas, marketing, dar aulas, mas a comunicação é sua grande paixão desde a infância e vai seguir em frente sempre com projetos interessantes.

 

Continue Reading
Advertisement

Cultura Pop

Pós-carnaval de São Paulo terá Bloco infantil Fraldinha Molhada

Published

on

By

Cortejo será no dia 18 de fevereiro, a partir das 10h, no bairro Jardim Anália Franco, zona leste da capital paulista

Levando em consideração o calendário, o carnaval terminou, mas em São Paulo ainda tem muita folia pela frente. O pós-carnaval terá mais de 100 blocos espalhados pela cidade, entre eles, um dos bloquinhos infantis mais tradicionais: o Fraldinha Molhada. A agremiação fez história no último dia 10 de fevereiro, quando colocou a criançada para se divertir nas ruas da zona leste da capital paulista, e promete repetir a dose no próximo domingo (18), a partir das 9h30, no Jardim Anália Franco, também na zona leste da capital paulista. E o melhor? Totalmente gratuito.

“Estamos muito empolgados com o nosso cortejo que acontecerá pós-carnaval. O cortejo que aconteceu no último dia dez foi sensacional. Ver a alegria da criançada não tem preço e estamos ansiosos para o novo desfile”, relata o fundador do bloco Fraldinha Molhada, Mateus Rosemberg. Será mais um dia de muita alegria com a previsão de três mil pessoas. Preparem a fantasia, confete, serpentina, muito glitter, protetor solar e venham se divertir conosco. Será mais um dia especial”, finaliza.

Com apoio cultural da agência de modelos Max Fama, o bloquinho também terá todo suporte necessário para que as crianças possam aproveitar a festa da melhor maneira possível e ter uma experiência inesquecível com brinquedos infláveis, churrasco, pipoca e muito mais. O cortejo também terá a participação mais do que especial das corujinhas da série “Bubu e as Corujinhas”, além de uma ação especial da agência Quebra Gelo, que está promovendo a estreia do filme “Kung Fu Panda 4”.  Demais, né? Vale lembrar que o bloco Fraldinha Molhada também conta com uma lojinha oficial, onde é possível comprar espuma, confete, serpentina, entre outros artigos carnavalescos, como uma forma de ajudar a manter o bloco. Agora é se preparar e contar os dias para este grande momento!

Serviço:

Bloquinho Fraldinha Molhada

Quando: 18 de fevereiro

Advertisement

Horário: Das 09h30 às 14h30

Onde: Rua José Oscar de Abreu Sampaio, 310 – Jardim Anália Franco, zona leste de São Paulo

Gratuito

Saiba mais em: @bloquinhofraldinhamolhada (Instagram)

Advertisement
Continue Reading

Cultura Pop

Virada Orlando: André Valadão vai reunir grandes nomes do gospel no réveillon

Published

on

By

O líder da Igreja Batista da Lagoinha nos Estados Unidos vai comemorar a chegada de 2024 no maior evento de fim de ano para brasileiros fora do Brasil

O Virada Orlando, que vai reunir grandes nomes do gospel no Réveillon dos Estados Unidos, promete muita fé e encontro Deus. Essa é a proposta de André Valadão, organizador do evento que pretende receber mais de 12 mil pessoas no Addition Arena. Cantores nacionais e internacionais passarão pelo palco da festa que marca uma das maiores comemorações de fim de ano para brasileiros fora do Brasil na história da América.

“Estamos muito motivados e felizes com o Virada Orlando. Será uma grande celebração espiritual, uma grande força para começar 2024 com muitas bênçãos. Estamos ansiosos, com ótimas expectativas. Será uma experiência inesquecível”, disse o pastor.

Entre as atrações estão artistas como Kari Jobe e Cody Carnes, Tiffany Hudson, Ana Paula Valadão, Deive Leonardo, Fernandinho, John Bevere, Victor Hugo, Ronny Oliveira, Marcelo Marques, André Fernandes e Morada. Os ingressos podem ser adquiridos através do site viradaorlando.com. A classificação é livre.

Advertisement

Em 2023, 12 mil pessoas se reuniram para o Virada Orlando e, para esta nova edição, o objetivo de Valadão é que o público seja ainda maior. “Ano passado foi um sucesso! Esse evento se consolidou como uma referência para a comunidade brasileira e latino-americana que busca uma celebração diferenciada e edificante para iniciar o ano com o pé direito”, ressaltou.

E finalizou: “Com uma proposta inovadora e impactante, o Virada Orlando continuará sendo um marco na vida daqueles que desejam vivenciar uma virada de ano única e especial com Deus”.

Continue Reading

Cultura Pop

Atividade ‘Escavação enigmática’ do CCBB Educativo – Lugares de Culturas, incentiva a curiosidade e espírito investigativo dos visitantes no CCBB Rio

Published

on

By

O incentivo à curiosidade e ao espírito investigativo são parte da atividade Escavação enigmática, oferecida pelo CCBB Educativo – Lugares de Culturas, no Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro, todos os dias da semana (exceto às terças, quando o CCBB Rio não abre). Em caixas de areia estão enterradas palavras e imagens que, ao serem encontradas e reunidas, compõem uma mensagem a ser decifrada. São pistas encobertas pelo tempo e que podem ser reveladas pelos pequenos arqueólogos numa exploração sobre os Tesouros Ancestrais do Peru.

Ainda relacionado à exposição Tesouros Ancestrais do Peru, em cartaz no CCBB Rio até o dia 29 de janeiro de 2024, o CCBB Educativo- Lugares de Culturas realiza o Encontro com Educadores no sábado, dia 11, com Rosana Reategui. Desde o ano 2000, pesquisa narrativas femininas e as manifestações das oralidades indígenas latino-americanas. É gestora cultural, atriz e narradora oral, nascida na cidade de Lima, no Peru. É fundadora do grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias e gestora da QINTI Companhia, que teve sete indicações para o prêmio 2022 CBTIJ de Teatro para Infâncias, do qual venceu na categoria de Melhor Atriz de Teatro Infantil.

O encontro acontece às 10 h do sábado (11), no Cinema 1 (térreo), do Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados no site (bb.com.br/cultura) ou diretamente na bilheteria do CCBB Rio uma hora antes do evento. A atividade é realizada pelo CCBB Educativo – Lugares de Cultura e destinada aos educadores de instituições, ONGs e outros projetos. No evento serão sorteadas viagens de ônibus para alunos de escolas públicas (municipais, estaduais e federais), localizadas na região metropolitana do Rio de Janeiro, visitarem a exposição “Tesouros Ancestrais do Peru”.

As visitas mediadas para todo o público estão também disponíveis todos os dias da semana, em diversos horários, mediante retirada de ingresso.

Advertisement

Na atividade Livro Vivo, nos sábados, domingos e feriados, às 15h, o público é convidado a ler uma imagem. Por meio de livros de tecidos peruanos, confeccionados pela Manos Que Cuentan, são apresentadas histórias da cultura peruana a partir de texturas e cores.

Já a Visita Teatralizada é outra atividade que interage com o público, que passeia e conhece as instalações do prédio inaugurado no centro da cidade em 1906, como sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro, em que hoje está instalado o CCBB RJ. Os atores se apresentam vestidos com figurinos de época para contar a história. Os detalhes artísticos e arquitetônicos da construção são apresentados aos visitantes, que percorrerão o prédio adquirido pelo Banco do Brasil para ser sua sede na década de 1920. Em 1960 o edifício passou a ser a Agência Centro e, posteriormente, a Agência Primeiro de Março. A visita conta com intérprete de Libras e ocorre todas as sextas, às 13h.

Outra atividade é a Hora do Conto – Patrimônio Histórias de Memórias, em que histórias da cultura popular e da literatura universal são apresentadas por educadores, por vezes acompanhados de instrumentos musicais e bonecos. A proposta é viver experiências a partir da ficção, já que as histórias são capazes de nos levar para lugares distantes, para conhecer outras culturas e visões de mundo.

Até o dia 13 de novembro segue a atividade Campos de Arte/ Ouvidos da Memória, no Térreo do CCBB Rio, é um mobiliário interativo. Nele visitantes têm acesso a uma instalação que procura reproduzir, de forma sonora, os elementos presentes nas fotografias de Evandro Teixeira, inspirada na exposição “Evandro Teixeira. Chile 1973”, em cartaz no CCBB Rio até 13 de novembro de 2023. O objetivo é permitir que, por meio da escuta, o visitante sinta emoções e se transporte a experiências, mesmo aquelas que nunca viveu. A ideia é fazer com que as pessoas experimentem uma imersão auditiva e construam paisagens, de forma criativa, através do som. A classificação indicativa é de 12 anos.

A visitação à exposição “Evandro Teixeira. Chile 1973 segue todos os dias da semana (exceto às terças-feiras), até 13 de novembro. Outra visita mediada, a Patrimônio: Caminhos da Memória, apresenta o passado através da arquitetura e conta as histórias do prédio do CCBB Rio. Ainda no campo da investigação, a atividade Pequenos Exploradores mostra a história do CCBB às famílias de um modo diferente. A viagem começa no quinto andar, onde os participantes buscam na biblioteca uma pista que permite acessarem orientações para outras etapas sucessivas, envolvendo bilhetes, baús e mapas, numa verdadeira caça aos segredos da história.

Advertisement

Serviço

Local: Centro Cultural Banco do Brasil – 1º andar

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro (RJ)

Telefone: (21) 3808-2070

E-mail: agendamento.rj@programaccbbeducativo.com.br  

Advertisement

Ingresso: Entrada franca 

Classificação indicativa: Livre

Mais informações em bb.com.br/cultura

Siga o CCBB nas redes sociais:

twitter.com/ccbb_rj | facebook.com/ccbb.rj | instagram.com/ccbbrj

Advertisement

Continue Reading

Mais Lidas

Copyright © TimeOFFame - Todos os direitos reservados